Projeto de reciclagem de plástico

O desenvolvimento de um projeto de reciclagem de plástico é essencial para garantir a correta destinação dos resíduos gerados, seja por empresas privadas, órgãos públicos ou pela população.

Materiais plásticos que passam por um processo de reciclagem através de um projeto bem desenvolvido e segmentado podem ser devolvidos ao ciclo de consumo como novos produtos.

As vantagens de desenvolver um projeto de reciclagem de plástico para as empresas são diversas, os resíduos plásticos podem ser transformados em matéria prima, diminuindo custos e contribuindo com uma economia circular e sustentável.

Um projeto de reciclagem de plástico deve ser estruturado e pensado levando em consideração o processo de consumo e geração do resíduo até a devolução do material como novo produto. A cadeia produtiva da reciclagem começa com os consumidores, que separam e entregam embalagens ou produtos plásticos para coleta seletiva ou entrega no PEV (Ponto de Entrega Voluntária). De lá, os materiais são coletados por catadores e cooperativas e encaminhados para uma central de triagem, onde cada produto é separado por tipo de resina. Portanto, o produto receberá um número de 1 a 7, o que ajuda a identificar:

  1. PET 2. PEAD 3. PVC 4. PEBD 5. PP 6. PS 7. OUTROS

 

Projeto de reciclagem de plástico: Entenda o processo

 

Após a triagem, cada grupo de materiais é encaminhado para a lixeira. Na reciclagem mecânica, por exemplo que é o material plástico pós-consumo mais comum, o projeto de reciclagem de plástico desenvolvido para os resíduos passa por quatro etapas:

 

  1. Trituração (moagem)

O resíduo foi encaminhado para um moinho, que reduziu seu tamanho. Este processo também é chamado de esmagamento  ou trituração.

 

  1. Lavagem e separação

Os fragmentos (geralmente chamados de flocos) são lavados com água e separados por diferenças de densidade, ou seja, as substâncias mais densas afundam e as substâncias menos densas permanecem na superfície da água.

 

  1. Secagem

Os flocos individuais são secos em um grande secador com circulação de ar quente.

 

  1. Aperte

Os flocos secos são alimentados na extrusora, onde são aquecidos e derretidos, e entram na matriz através da rosca sem fim, onde um filamento contínuo (normalmente chamado de “espaguete”) é formado na matriz, que é resfriado e cortado com água em uma banheira em temperatura ambiente No peletizador, os pellets plásticos reciclados embalados são formados.

 

Os recicladores enviam matérias-primas para a indústria de conversão (os chamados “conversores” na cadeia produtiva do plástico). Os produtos plásticos que desenvolvem fazem parte de nossas vidas e trazem soluções inovadoras para todos os setores da indústria.

 

Uma das limitações da reciclagem, principalmente mecânica, é a enorme heterogeneidade do fluxo de resíduos de plástico. Portanto, existem outros tipos de reciclagem:

 

Reciclagem química: o processamento de produtos plásticos e sua conversão em produtos químicos ou matérias-primas quase sempre envolvem um processo de despolimerização.

 

Recuperação de energia e incineração: queima de resíduos para produzir calor, vapor ou energia. Utilizado onde todas as possibilidades de coleta seletiva ou reciclagem mecânica foram esgotadas. A incineração de resíduos é considerada rejeito. Estima-se que a incineração de resíduos plásticos pode reduzir o volume de materiais plásticos em 85-90%.

É fácil entender por que o plástico é um material essencial em nossas vidas? Os plásticos devem ser sempre respeitados e reciclados.